Daniel Medina é Nomeado Presidente e Diretor Geral da Hill+Knowlton Strategies Brasil

Daniel Medina foi nomeado Presidente e Diretor Geral da Hill+Knowlton Strategies no Brasil, tendo sob sua liderança os escritórios de São Paulo e Rio de Janeiro. O executivo era Diretor de Comunicação das Américas na Nokia Siemens e teve passagens pela consultoria A.T. Kearney, Banco Santander, Starmedia Networks, Reuters e Bloomberg.

Sua principal função será otimizar a H+K Strategies Brasil, posicionando a nossa empresa para alcançar uma maior visibilidade neste momento de grande crescimento do Brasil no mundo. Daniel também expandirá e dará continuidade ao desenvolvimento da excelência no atendimento ao cliente em ambos os nossos escritórios, além de ampliar a colaboração da nossa rede global, tanto para atender os clientes baseados no Brasil como aqueles localizados em outras regiões do mundo.

 

Advertisements
Posted in H&K | Leave a comment

Dewey Square Group se torna uma empresa Hill+Knowlton Strategies

O Dewey Square Group (DSG) juntou forças com a Hill+Knowlton Strategies no último mês e se tornou uma empresa da Hill+Knowlton. Ambas as companhias já pertenciam à família WPP, e o Dewey Square Group continua mantendo uma distinta e independente marca em sua operação. A nova relação é muito positiva e é esperado que traga grande valor para o leque de clientes de ambas as empresas.

Nas duas últimas décadas, o Dewey Square Group tem se mostrado incrivelmente forte e bem sucedido, com estratégias nos níveis mais altos dos setores públicos e privados. Os relacionamentos da DSG se espalham por diversas indústrias, de empresas da Fortune 500 até capitais de estados e a Casa Branca.

A empresa já formou parcerias com a H+K Strategies em projetos no passado e foi verificada uma sinergia natural entre as duas. Cada uma, com suas especialidades, se fortalecem e suas habilidades combinadas são eficazes na resolução de questões. Juntas, elas alcançam desde a produção criativa até estratégias de políticas nacionais.

Para fortalecer a parceria, Joe Eyer, diretor das práticas de base do Dewey Square Group, se tornará chefe global da prática de relações públicas da H+K. Desde sua entrada na DSG em 2005, Eyer tem gerenciado dezenas de campanhas de advocacia nacionais para corporações e organizações sem fins lucrativos. Um veterano de quatro anos de campanhas presidenciais democráticas, Joe foi uma parte integral da operação política do Al Gore, primeiro na Casa Branca e depois em sua campanha.

A DSG é conhecida por sua habilidade de aplicar técnicas de campanha política nos desafios de corporações.  E a H+K acredita fortemente na efetividade dessa estratégia. É uma oportunidade que o DSG nos traz de fortalecer nossa crescente prática de relações públicas.

O Dewey Square Group foi fundado em 1993 e desde então tem sido pioneiro em sua tecnica, ajudando nos negócios de companhias, organizações e empresas sem fim lucrativo. O DSG possui escritórios localizados em Boston, Washington D.C., Sacramento, Michigan, Los Angeles, St. Louis e Tampa. Ao se juntar a H+K, eles esperam estender o alcance de sua marca única para todo o EUA e para o mundo.

Posted in Assessoria de Imprensa, Comunicação Global, Marketing | Tagged , | Leave a comment

O sucesso da comunicação na era digital

As Relações Públicas na era digital enfrentam o desafio da nova de comunicação para a qual se requer também um novo tipo de abordagem na área. Contudo, relações com a mídia sempre serão relações com a mídia, em qualquer época.

A chave para o sucesso da comunicação na era digital é seguir os preceitos das Relações Públicas, isto é, construir e gerir a reputação do cliente acrescentando as demandas do público online. Uma boa comunicação sempre foi importante no mundo dos negócios, mas com a chegada da era digital ela tornou-se essencial.

Apostar num contacto mais próximo iniciado, gerido e mantido online, mas que pode transpor a fronteira para o offline agrega credibilidade e relevância no relacionamento com este público. Ter um diálogo de mão dupla com os consumidores beneficia não só o consumidor, mas também a marca.

Os consumidores sentem que estão mais envolvidos com a transformação do produto final e as empresas podem receber feedbacks valiosos que possibilitam analisar que aspectos precisam ser melhorados. Os clientes são muito mais receptivos quando eles sentem que a empresa se ​​preocupa o suficiente para ouvir sua opinião.

As mídias sociais tornaram-se uma peça chave no fortalecimento das relações marca X consumidor. Ser coerente com seus esforços de mídia social pode ajudá-lo a construir a confiança na sua área de atuação e cativando cada dia mais um público fidelizado.

Posted in Comunicação Digital | Tagged , | Leave a comment

Martin Sorrell, CEO da WPP, visita o Brasil e conversa com o M&M

Confira o bate papo que o Meio&Mensagem teve com o CEO da WPP, Martin Sorrell, grupo do qual a H+K faz parte.

Vale a pena!

Posted in Assessoria de Imprensa, Comunicação Digital, Comunicação Global, Cultura, Eventos, H&K, Marketing, Mídia | Tagged , , | Leave a comment

LG Digital Experience 2012

No dia 8 de março, a LG-One organizou a coletiva de imprensa do LG Digital Experience 2012. O evento é o mais importante da LG Brasil.

Realizado na Bienal do Parque Ibirapuera, a 9 ° edição do evento trouxe para jornalistas de todo o Brasil cerca de 350 novos produtos da LG, de todas as unidades de negócio, sendo:  (HE) Home Entertainment, (MC) Mobile Communications, (HA) Home Appliance e (A&E) Air Conditioning & Energy Solutions.

No ano em que a LG completa 15 anos do primeiro produto fabricado no Brasil, a empresa mostrou um novo portfólio de produtos para impulsionar ainda mais a liderança da LG no ecossistema 3D, com tecnologia FPR, permeando TV, Smartphones, Monitores, Notebooks e Home Theater.

Todos os produtos aliavam tecnologias de última geração ao manuseio simples e intuitivo, ofertando soluções que encantam pelo design e pelas funcionalidades, sendo efetivamente SMART em cada segmento de atuação.

O que nos concorrentes é conceito na LG é realidade. O SMART está embutido, por exemplo, nos refrigeradores com tecnologia VitaLigth, que induz frutas e legumes à fotossíntese, preservando-os por muito mais tempo; Nas lavadoras e secadoras, com exclusiva tecnologia SMART Diagnosis; Na oferta única de 100 aplicativos em português na linha de televisores; Na visualização do 3D sem óculos especiais, no celular Optimus 3D MAX; Na experiência singular do único Home Theater com som 3D; E também no pioneirismo da LG em trazer para o mercado brasileiro a tecnologia OLED em TV.

Como resultado, a coletiva de imprensa teve a presença de 84 jornalistas, consolidando o evento como um dos grandes acontecimentos do mercado de tecnologia no Brasil.

Posted in H&K | Leave a comment

O Estagiário nosso de cada dia

Estamos com uma nova estagiária colaborando com a equipe da H+K Strategies no Rio de Janeiro e esta tem sido sua primeira oportunidade de conhecer a rotina de uma agência de comunicação e relações públicas. Pensando com meus botões, tenho bem claro o que espero de um estagiário no seu relacionamento e colaboração com clientes e colegas:

  • Organização e atenção aos detalhes
  • Curiosidade
  • Pro atividade
  • Atitudes positivas

Mas confesso que tive que pensar um pouco sobre o que os estagiários realmente esperam, em termos de aprendizado, durante as horas que passamos trabalhando juntos. Portanto, resolvi perguntar ao novo membro da nossa equipe o que ela espera como resultado desta experiência. Como são considerações que se aplicam de modo geral as oportunidades de estágio, gostaria de dividir com vocês alguns pontos da nossa conversa:

  • Estagiário quer aprender. É a razão principal para levantar da cama todos os dias e perder a sagrada sessão da tarde na Globo.
  • Estagiário normalmente tem medo de errar. Muito medo. Então ele espera que os colegas e chefes tenham paciência nos momentos necessários.
  • Estagiário quer aproveitar a oportunidade para estar por dentro e ser apresentado a tendências do mercado.
  • Estagiário quer ser exposto a clientes de vários setores, para descobrir com quais áreas ele se identifica mais.
  • Estagiário quer a oportunidade de desenvolver suas habilidades e competências individuais.
  • Estagiário quer que a experiência incentive seu senso crítico e estimule sua criatividade.
  • Estagiário torce todos os dias para não sofrer bullying e ser respeitado como profissional em formação.
  • Estagiário espera ser contratado no final da experiência (caso ela tenha sido positiva, claro!)

Talvez as considerações sejam óbvias para você, caro leitor, mas acredito que, às vezes, nos perdemos do objetivo principal, que é permitir que o estagiário vivencie experiências que ele irá encontrar futuramente no mercado de trabalho, seja na mesma empresa ou desbravando outros territórios.

Imagem

Posted in H&K | Leave a comment

PINTEREST – O poder da imagem

Numa altura em que cada vez mais o império online é não só um futuro inevitável, mas um presente em rápido desenvolvimento, surge mais uma rede social: Pinterest.

O Pinterest é recente, mas já apresenta um número de usuários elevado o suficiente para, segundo um estudo realizado nos Estados Unidos pelo site Shareaholic, ter destronado o Twitter em termos de redirecionamento de audiência, contabilizando apenas o mês de Fevereiro. O potencial é imenso e os seus benefícios podem claramente ser importantes, tanto na área social como na área empresarial.

Com o Pinterest, o usuário pode facilmente criar um currículo criativo e diferenciado – pelo menos por enquanto, mais emocional, atrativo e mais imediato que o tradicional documento em formato word, e que o diferencie.

A criação de boards, com os temas mais úteis ao usuário, permite a segmentação de informação visual/audiovisual segundo as necessidades de cada pessoa, tornando mais imediata e impactante a mensagem que quer transmitir ou aquilo que quer mostrar. Algo muito útil, por exemplo, para a criação de um portfólio online.

Também as marcas começam a se aventurar neste novo mundo, tentando encontrar mais uma forma de potencializar o interesse e visualização da mesma. Esta acaba por ser a rede social ideal para marcas com elevado potencial visual, que podem expor produtos, tornar serviços mais visuais e postar conceitos, com todo o poder da imagem em alta resolução e com a capacidade de promover o redirecionamento para outros meios de comunicação online da empresa

Moda, turismo, restauração, tecnologia, fotografia, decoração, cultura, e muito mais. Tudo o que pode ser visual ou audiovisual pode ser potenciado através do Pinterest.

Blogueira convidada – Marlene Martins, Executiva de Contas da Hill+Knowlton Strategies Portugal

Posted in H&K | Leave a comment

Consumidores satisfeitos contam para três amigos. Os irritados contam para três mil.

Esse é o título de um famoso livro de marketing escrito pelo especialista Pete Blackshaw, que já trabalhou com a Toyota, Dell, Nike, Sony, GM, Unilever entre outros, que trata – entre outros temas – sobre uma dúvida recorrente das empresas nesse universo online: responder publicamente ou não aos comentários em redes sociais feito por consumidores?

O autor ressalta o medo das empresas em estar alimentando esse ciclo ao responder publicamente aos consumidores que estão reclamando sobre algo, incentivando que outros façam o mesmo e busquem esse caminho para resolver alguma questão.

Os SACs da vida ainda trabalham muito distantes das agências que cuidam da imagem online e branding das empresas, mas isso é assunto para outro post. Acredito que não existe fórmula mágica, que possa ser aplicada em todos os casos, mas entendo que uma regra básica deveria ser engajar-se com o consumidor por uma ou duas vezes online, na mesma plataforma, e, em seguida, sempre tentar levar a conversa para o campo offline.

Se o consumidor for muito crítico, outros consumidores irão notar que a marca se esforçou em manter uma conversa aberta e resolver a questão. O objetivo é ressaltar que você está ouvindo, pois os consumidores – na maioria dos casos – terão paciência para esperar por uma solução que está por vir.

Assim, da próxima vez que alguém usar o Google para saber mais sobre a sua marca, mesmo que encontre algum post negativo, irá ver que houve uma resposta rápida, transparente e solícita em seguida.

Responder ou não responder, eis a questão.

Posted in H&K | 1 Comment

Hill+Knowlton Strategies – A nossa nova marca

Marcas inteligentes conhecem a importância de avançar de forma corajosa e antecipar a evolução das relações com os clientes, além de acompanhar as mudanças ao longo do tempo e refletir objetivos estratégicos de longo prazo, permanecendo sempre um passo à frente da concorrência.

A nossa nova marca — Hill+Knowlton Strategies — propõe uma renovação na assessoria estratégica de comunicações, garantindo o atendimento das necessidades de negócios de cada cliente, alimentada pela pesquisa e construída sobre uma rica e sólida base de relações públicas.

Ao longo dos últimos 85 anos, a Hill+Knowlton Strategies mantém a sua reputação de confiabilidade em relações públicas, assuntos públicos e comunicação de crise. Este mesmo padrão de excelência também nos coloca na vanguarda em áreas altamente competitivas como pesquisa, comunicações digitais e de marketing.

Para atender as necessidades em constante evolução dos nossos clientes, a Hill+Knowlton Strategies oferece sabedoria e conhecimento profundo sobre nossos Stakeholders. Por trás de tudo o que cada funcionário da Hill+Knowlton Strategies faz ou recomenda aos clientes está o público-alvo. Quer estejamos desenvolvendo relações com a imprensa, solucionando uma crise ou ajudando a lançar um produto, o poder desse público  é essencial.

Sendo assim, o objetivo principal da Hill+Knowlton Strategies é oferecer consultoria dinâmica em estratégias de comunicação, colocando os objetivos de negócios dos nossos clientes em primeiro lugar.

Através de uma combinação de talentos de nível mundial e o nosso conhecimento do papel do público, criaremos impacto, reputação e resultados positivos para as marcas.

 

Posted in Comunicação Global | Tagged , , , , , , | Leave a comment

A Hill+Knowlton deseja a todos um Feliz Natal!

Que 2012 seja cheio de boas notícias!

Posted in H&K | Leave a comment

Gaviões S.A.

Você já viu pessoas tirando foto junto com um livro, em plena Livraria Cultura, em uma tarde de domingo? Não, não se trata de nenhum exemplar raro em exposição, nem mesmo de uma edição autografada pelo Paulo Coelho, mas do livro “Nação”, do Corinthians, exposto na loja do Conjunto Nacional, em São Paulo, dentro de uma imponente caixa de vidro, nos moldes de uma peça rara do Louvre.

Você sabe o que é dedicação de uma torcida a um clube de futebol? Vá a alguma festa do Corinthians e você vai ver que o sentido de “nação” não é nenhum exagero e que tudo ali funciona como uma “Gaviões S.A.” com inúmeros rapazes vestindo abrigo com a cor preta do clube, sempre com as insígnias “fiel” e “gaviões”, formando uma rede de serviços que daria inveja a qualquer empresa de grande porte.

Mas esta é a diferença. O Corinthians está a caminho de se tornar uma empresa de porte. E este é o mérito da administração do polêmico Andres Sanchez. Por mais controverso que seja o personagem e suas mais variadas formas de se relacionar com o poder, sobretudo com algo chamado Presidência da República, por meio de sua amizade com Lula.

A marca Corinthians está se fazendo valer. Ou melhor: está se dando o devido valor. O que não ocorre nos demais clubes de peso em termos de torcida no Brasil, que ostentam brasões que se fossem utilizados por estrategistas, como a equipe de marketing do Corinthians, renderiam muito mais frutos – leia-se recursos – aos seus dirigentes – e torcida.

É um desastre o que se faz – ou que se deixa fazer – com marcas como Palmeiras e Juventus, por exemplo. Uma vez que a segunda ainda precisa se reinventar como clube e time, e a primeira se desgasta pela má fase de futebol e pela canhestra visão de marketing em suas ações de marca. Flamengo é outro caso de má gerência generalizada que agora começa a sair da paralisia com a administração Patricia Amorim.

Exemplos de eficiência de gerência de marketing e de marketing de times do exterior todos estão cansados de saber: Real Madrid, Barcelona, Manchester, Chelsea, Intenazionale de Milão são agremiações que sabem se valorizar como marca – cultivam fãs no mundo todo – e ganham muito com isso.

O pioneirismo em marketing no Brasil nestes tempos modernos esteve a cargo do São Paulo Futebol Clube, que possui eficiente estrutura de serviços em seu estádio, com butique, bar, agência de viagem e outros recursos com estampa “Tricolor”.

Mas a ousadia veio mesmo com o Corinthians com ações como o livro “Nação” – um catatau de 30 quilos e 640 páginas que serve como bíblia ao torcedor, mas que custa modestos R$ 6.500,00 -, a rede de lojas “Poderoso Timão” – uma das franquias que mais cresce no país -, os lançamentos dos mais diversos tipos de souvenires e terceiras camisas – como bonecos do Fenômeno Ronaldo e o recente manto grená com uma estampa de São Jorge -, do investimento do clube em outros esportes e em estrelas de força, como Anderson Silva no UFC e César Cielo na natação. E – veja que loucura – na recente reestilização do seu escudo, isso sem falar em seu primeiro e futuro estádio, o Itaquerão. A lista – e a lição – é interminável.

Vamos aos números. Divulgado em setembro pela auditoria BDO RCS, o Corinthians segue com a marca mais forte do futebol brasileiro, com o nada modesto valor de R$ 867 milhões. Na sequência vêm os outros colocados: Flamengo (R$689 milhões), São Paulo (R$ 664 milhões) e Palmeiras (R$ 452 milhões).

Em fase de ouro com o fenômeno Neymar, o Santos ainda patina como marca, com avaliação de R$ 227,9 mil. Não aproveitar uma onda como esta, isto sim, é um tremendo sacrilégio.

Marcio Dal Rio trabalha no atendimento da Hill and Knowlton e é palmeirense

Posted in H&K | Leave a comment

Hill and Knowlton participa da 6° semana de jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi

Robson Melendre, diretor da LG-One, assessoria de comunicação da LG Electronics no Brasil, participou na última terça-feira, dia 18 de outubro, como palestrante da 6° Semana de Jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi.

O objetivo do evento foi promover o intercâmbio de ideais entre o meio acadêmico e representantes do mercado de comunicação. Em sua apresentação, o executivo abordou a comunicação em meios digitais e as oportunidades que estas recentes mudanças trazem para os comunicadores.

“Participar do evento foi muito gratificante. Ter contato com o universo acadêmico é sempre uma experiência positiva. Espero participar das próximas semanas, para manter esta troca com os estudantes e professores da Universidade Anhembi Morumbi”.

Posted in H&K | Leave a comment

IFA 2011 – O mundo em várias dimensões e touchscreen

Ao caminhar pelos imensos estandes da IFA 2011, uma particularidade ressalta aos olhos: tudo é touchscreen.

A tecnologia de telas sensíveis ao toque está em praticamente todos os lançamentos. O que chama mais a atenção é o fato dos televisores inteligentes – ou SMART como o mercado está denominando – também abandonarem o controle remoto, sendo que toda a função da TV agora é gerenciada por meio de um dispositivo touch, ou mesmo pelo seu celular.

Isso mesmo, num futuro muito próximo, o seu celular Android – ou com qualquer outro sistema operacional – poderá controlar a TV, o alarme de casa, a distância percorrida pelo automóvel e uso de combustível, enfim, os aplicativos são infinitos.

Ainda em televisores, a tecnologia que permite acesso a conteúdos em terceira dimensão possui bastante destaque. Sabemos que no Brasil o conteúdo em 3D ainda é restrito – como também na Europa – contudo a maioria dos fabricantes possui uma solução que converte automaticamente qualquer conteúdo 2D para 3D, e a qualidade é excelente.

Outro ponto crucial em televisores com imagem em terceira dimensão é sobre a tecnologia aplicada. Alguns poucos fabricantes utilizam a tecnologia ativa, ou seja, o efeito 3D é gerado nos óculos, que são pesados, desconfortáveis e com bateria. Imagine você na sala da sua casa com óculos conectados via fio com o televisor e, se acaba a bateria, você precisa de nova carga para ver o final do filme. Já na tecnologia passiva, o 3D está no televisor, os óculos são leves e a sensação é infinitamente melhor. A tecnologia passiva, prevêem alguns especialistas, é um passo a frente pois permite num futuro próximo a eliminação dos óculos para ver em 3D.

Essa característica de terceira dimensão não fica apenas restrita aos televisores, pode ser acessada também em notebooks, netbooks, monitores e celulares. No estande da LG Electronics, por exemplo, os visitantes podiam ver o primeiro celular do mundo que grava e reproduz conteúdos em alta definição 3D. O equipamento, o LG Optimus 3D, chega neste mês ao mercado brasileiro.

Posted in H&K | Leave a comment

IFA 2011 – Hill and Knowlton Brasil participa do maior evento do mundo para eletrônicos de consumo

Em busca de novidades e atualizações para os clientes da Hill and Knowlton Brasil, e também para oferecer suporte ao time de jornalistas da região da América Latina, fui convidado para a cobertura da IFA 2011.

A IFA – Feira de eletrônicos de entretenimento e eletrodomésticos de Berlim bateu todos os recordes de eventos anteriores, superando até a Consumer Electronic Show (CES) de Las Vegas, que era até então o maior evento mundial deste mercado.

A Edição deste ano foi a de número 51, embora inaugurada em 1924, logo após a invenção do rádio. A sigla IFA em alemão significa Exposição Internacional do Rádio. Sua periodicidade já foi de quatro anos, passou para dois e agora é anual. Fato muito curioso foi a abertura do evento em 1930, que contou com discurso pacifista de Albert Einstein.

Durante os dias do evento, a IFA recebeu cerca de 90 mil profissionais da indústria e empresários, que conheceram os produtos de 1.440 expositores de cerca de 70 países, numa área de 144 mil m2. Pela parte da imprensa, foram cadastrados 4.3 mil jornalistas.

Muito mais que sua concorrente em Las Vegas, a IFA 2011 tornou-se palco para uma pluralidade de produtos e tecnologias inovadoras, que englobam eletrodomésticos, móveis futuristas, fotografia profissional, plataformas digitais, semicondutores, etc.

No próximo post, vou comentar sobre as principais tecnologias apresentadas durante a IFA 2011.

Posted in H&K | Leave a comment

O helenismo de hoje

O Império grego nos deixou mais do que sua herança na Arquitetura, Matemática, Medicina e Filosofia. Os grandes imperadores que  lideraram o maior território já existente na história nos ensinaram que não se domina um povo somente pela força militar. Já sabiam os gregos e, posteriormente os romanos, que uma das maneiras mais eficientes de manter a dominação econômica sobre outros grupos é por meio da imposição lingüística e cultural. Se você fala a língua de um povo, acaba consumindo sua cultura.

A lição dos gregos não se limitou ao império romano. Na história moderna, os Estados Unidos executaram essa tarefa de forma exemplar no mundo, com o “Big Stick”, empurrando goela abaixo dos latinos seus costumes, carros, produtos, filmes e músicas e referências para uma população que não se importou em ser apenas mercado consumidor. Não havia moeda de troca, o objetivo era dominação econômica e imposição da cultura (com um porrete não mão, claro).

Curiosamente, as línguas mais faladas hoje no mundo são das economias mais importantes, mostrando que o pensando de séculos a.C continua o mesmo: China, EUA, Espanha e América Latina (tenho minhas dúvidas dessa importância aqui), Índia, Brasil Oriente Médio. A lista das “sete mais” ainda conta com o Bengali, de Bangladesh.

A diferença no comportamento de hoje em relação ao grego é que nem todos os países disseminam sua língua e levam sua cultura para outros cantos. No caso do Brasil, estamos nessa lista porque temos um país enorme e a quinta maior população do mundo. Diferente da França, Itália e Alemanha, que possuem populações bem menores do que os países citados, mas completam o ranque dos países com as línguas mais faladas no mundo, juntamente com a Rússia e o mundo árabe.

O Português não é considerado uma língua internacional, utilizada em cerimônias diplomáticas, e tampouco língua oficial da ONU, que utiliza o Árabe, Chinês, Inglês, Francês, Russo e Espanhol. De qualquer forma, o Portugues com base da comunicação parece demonstrar interesse, com mais de 30 milhões de estudantes em todo o mundo.

Mesmo com esse aumento da procura pelo Português, não sabemos atuar como os gregos. Aliás, essa é uma das deficiências do Brasil. Um plano de comunicação mais eficiente do nosso País no exterior ajudaria a levar nossa cultura, costume e produtos a outros mercados.

Facilmente encontramos indianos, chineses, japoneses e americanos, em posição de destaque em empresas multinacionais. Os indianos fazem esse papel muito bem, principalmente na área de tecnologia. Talvez uma das razões de ser cada vez mais fácil encontrar restaurantes indianos nos Estados Unidos.

Somos uma economia de respeito e temos uma das línguas mais faladas do mundo. Sem dúvida a importancia do Brasil está aumentando em esfera global. Um plano de comunicação mais agressivo da reputação e da marca Brasil poderia ser uma ferramenta importante, assim como foi para gregos e romanos, e tem sido para americanos, russos, chineses, indianos…

Posted in Comunicação Global, Cultura, Marketing, Política, Relações Públicas | Tagged , , , , , | Leave a comment

Michael Payne realiza workshop para agências do Grupo WPP

O renomado especialista em marketing esportivo e consultor da WPP, Michael Payne, promoveu um workshop para agências do Grupo WPP nesta sexta-feira, 12, na cidade de São de Paulo (SP).

Durante a programação, o autor do livro ‘A Virada Olímpica: como os Jogos Olímpicos tornaram-se a marca mais valiosa do mundo’ apresentou cases de sucesso sobre ativação de patrocínio e diversas propagandas históricas do acervo do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Michael Payne foi durante 20 anos o Diretor de Marketing do COI para os as Olimpíadas de Verão e Inveno,  responsável pela valorização da Marca Olímpica no mundo e realizou programas de marketing de 15 edições dos Jogos Olímpicos.

 

Posted in Cases Studies | Tagged , | Leave a comment

Cerveja de arroz. Com ou sem feijão?

Foi um ippon. Quando toda a torcida bradava ou pelo lado holandês da Heineken ou pelo sul-africano da SABMiller, eis que a japonesa Kirin, zebra da parada, comprou mais da metade Schincariol,  por meros R$ 3,95 bilhões.

Embora endividada, a Schin  é mais cobiçada empresa do mercado nacional de cervejas, por possuir nada menos do que 12% da fatia nacional, segundo a Nielsen, além de ser líder em água mineral e terceira em sucos prontos.

Agora, todas as atenções se voltam para a Cervejaria Petrópolis, dona de pouco mais de 9% do mercado, para saber até quando a produtora da Itaipava e Crystal vai resistir ao assédio dos grandes grupos internacionais.

Questões pendentes a serem resolvidas com o tempo, como o descontentamento dos sócios minoritários, e uma batalha jurídica que se inicia, a Kirin terá um imenso serviço pela frente: a reposicionamento de algumas de suas marcas, sobretudo a Nova Schin,  que embora reine no Nordeste brasileiro, perdeu campo nas demais regiões do país depois que famoso “experimenta”.

Tarefa dura que a Heineken, dona de 8% do mercado depois de comprar o braço cervejeiro da FEMSA no mundo, enfrenta com a Kaiser, que depois dos áureos tempos do baixinho, hoje é uma cerveja tipicamente do Sul do país.

Outra questão é se adaptar ao paladar brasileiro ao oferecer seus produtos, principalmente a cerveja que faz sucesso no Japão e traz a receita com arroz. Estará o consumidor brasileiro apto a mais um “experimenta”? Fausto Silva será chamado para mostrar a novidade na TV?

Se cerveja de arroz se come com palitinho ou não, ou se de fato combina com feijão, só o tempo e uma boa estratégia de mercado saberão dizer.

 Distante de tudo, o gigante nada adormecido AmBev (69%), que coloca sua Budweiser no mercado em setembro como patrocinadora da Copa do Brasil, observa em silêncio, mas com certeza pronta para entrar com sagacidade no tatame.

* Por Márcio Dal Rio, gerente de contas da H&K

Posted in Comportamento (pesquisas, materias), Marketing | Tagged , , , , , | Leave a comment

Práticas globais da Hill & Knowlton fortalecem o trabalho da agência no Brasil

Para ressaltar a qualidade do seu atendimento e suprir as demandas do mundo contemporâneo e globalizado, a Hill & Knowlton, 1ª agência agência de Relações Públicas no mundo, promove a constante interação entre os experts da sua rede por meio de Práticas Globais, para que clientes possam se beneficiar de serviços e consultorias estratégicas.
São vários eixos temáticos como comunicação digital, saúde, tecnologia, esportes, gerenciamento de crise, energia e marketing, entre outros, pelos quais a empresa atende todas as necessidades de comunicação dos clientes brasileiros.

Cada Prática envolve profissionais que trabalham há vários anos no respectivo segmento. São especialistas que promovem um verdadeiro fórum onde informações e cases de sucesso são debatidos por meio de ferramentas exclusivas.

“Desta forma, os clientes da empresa têm acesso a um poderoso know-how sobre o que está acontecendo de mais atualizado com relação às estratégias de relações públicas das empresas mundo afora. Podemos consultar as práticas dos mais de 80 escritórios da rede, cases de sucesso e realizar brainstormings, desenvolvendo idéias que complementem as atividades locais”, diz a Presidente da H&K Brasil, Sheila Magri.

Nomes de peso encabeçam as práticas globas da H&K, como, por exemplo, Andrew Bleeker, novo diretor da área digital. Nas eleições americanas de 2008, Bleeker foi o diretor da campanha online ‘Obama for America’, pela qual gerenciou as estratégias que viraram case para estudos de Comunicação Digital.

Posted in Assessoria de Imprensa | Tagged , | Leave a comment

Tecnologia a favor do entretenimento

Que os esportes possuem um poder absoluto de entreter as pessoas, todo mundo já sabe. E quando a tecnologia entra em “campo” – ou nas quadras, ruas, pistas – para potencializar o caráter lúdico tanto dos esportistas quanto dos espectadores, essa experiência pode ser ainda melhor.

Veja essa idéia que surgiu para o Tour de France há alguns anos, por exemplo. Antes da maratona, é comum que parentes e amigos escrevam nas ruas mensagens de apoio aos corredores. A técnica é simples: o uso do giz. Foi aí que a Nike e a Lance Armonstrong resolveram inovar e criaram o Nike Chalk Bot, em português algo tipo ‘o robô de giz da Nike’. A engenhoca fazia impressões de giz em até 40 caracteres em letras legíveis e de diferentes tamanhos, para serem aplicadas nas ruas em apoio aos maratonistas.

O melhor de tudo foi a interatividade. As pessoas enviaram mensagens de apoio aos corredores para o perfil do Chalk Bot no Twitter, e por SMS ou e-mail para a empresa. Ela se encarregou da republicar os textos no percurso do Tour de France. Veja mais detalhes no vídeo abaixo – em inglês.


 

 

Posted in Comunicação Digital | Tagged , , , , | Leave a comment

O bom coach-líder

Uma das responsabilidades mais importantes de um líder é treinar e desenvolver sua equipe. O coach desempenha um papel fundamental no desenvolvimento de futuros líderes da empresa e aplica ferramentas que ajudam aqueles que não se encaixam nos seus devidos papéis, recolocando-os em trabalhos mais adequados dentro da empresa.

Há muitas razões para um líderatuar como um coach de pessoas. Alguns deles são:

  • Mapear as pessoas dentro da empresa, direcionando-as no desenvolvimento de suas competências;
  • Anteriormente, a empresa era responsável pelo plano de carreira do funcionário. Atualmente, existe a empregabilidade, isto é, as pessoas investem na sua carreira e são capazes de trabalhar em qualquer empresa, fazendo com que os funcionários sintam-se livres para agir conforme suas necessidades e não mais as necessidades da empresa. Um dos maiores desafios do líder é segurar a ansiedade dos funcionários (principalmente os mais jovens) e lidar com suas frustrações;
  • É necessário desenvolver o poder de treinar pessoas, delegar e reconhecê-las;
  • O líder tem o papel de influenciar pessoas. Ele deve ser um influenciador;
  • O líder necessita possuir a habilidade de treinar pessoas para não centralizar o trabalho e ficar sobrecarregado;
  • O líder necessita ser transparente com sua equipe e ter muito bem definido os valores e a missão que pretende passar para seu time;
  • É necessário estimular a equipe, otimizando o trabalho para obter um melhor resultado;
  • Uma equipe é formada de pessoas que possuem visões diferentes, sendo assim, um dos principais desafios do líder é fazer com que a equipe chegue num objetivo comum para atingir o resultado esperado;
  • Um bom líder apresenta metas e estratégias para sua equipe e também mapeia seus funcionários, apresentando as metas de competência de cada um deles;
  • Realizar feedbacks verdadeiros e transparentes apresentando os pontos fortes e fracos da pessoa, preparando-se para a reação, reduzindo assim o campo de força entre ambas as partes. É necessário saber ouvir.

Tornar-se um bom líder-coach muitas vezes leva anos de esforço, disciplina focada e compromisso com o desenvolvimento das pessoas para poder colher os resultados de suas atividades de coaching.

Uma vez que nem todos os gestores são igualmente eficientes quando se trata de desenvolvimento e treinamento de pessoas, é importante deixar claro desde o início o que se espera deles como treinadores, deixando-os responsáveis por orientar seus funcionários através do processo de gestão de desempenho.

O principal objetivo do coaching é desenvolver as pessoas e ajudá-los a alcançar seu potencial. Em alguns casos, infelizmente, os líderes podem perceber que suas ações  não estão sendo eficazes. Neste caso, é importante,  trabalhar com a equipe e ajudá-la a definir os pontos fracos e fortes deste “relacionamento”, a fim de atingir os objetivos e metas definidos e acordados entre ambos.

Qualquer tipo de relação entre pessoas é baseada em confiança. É muito importante que o líder promova uma atmosfera de confiança e segurança, onde exista uma boa comunicação entre sua equipe. Esta atmosfera motivadora faz com que as pessoas sintam-se respeitadas e façam parte de um time vencedor.

 

 

 

Posted in Comportamento (pesquisas, materias) | Tagged , , , , | Leave a comment