As redes sociais chegaram às eleições

Se você é antenado nas redes sociais, deve ter percebido como os candidatos marcaram presença desta vez. Mesmo assim, nenhum deles elaborou um plano criativo ou inovou. Todos apenas seguiram a receita de bolo com seus respectivos perfis e vídeos de campanha.

Com o fim do primeiro turno, já é possível fazer uma análise desse comportamento dos presidenciáveis e avaliar qual deles aproveitou mais essas ferramentas das novas mídias.

A candidata Dilma foi a que mais explorou os canais das mídias sociais no que se refere ao número de perfis. Ela fincou a bandeira do PT no Orkut, Youtube, Flickr, Facebook, Twitter e Identica, mas não explorou os canais tanto quanto seus oponentes. Dilma está na lanterna no número de tweets, por exemplo, com apenas 327 mensagens.

Quem lidera a lista é José Serra com mais de 3.200 mensagens, seguido por Plínio, com mais de 2.600 mensagens e Marina, com 2 mil.

Serra também lidera a lista de seguidores com 467 mil pessoas em um perfil já criado para outros Carnavais. Dilma acumulou 240 mil seguidores no primeiro turno, mesmo não tendo sido tão presente no micro blog. Marina aparece na terceira posição com 200 mil e Plínio com quase 48 mil pessoas.

Logo após a votação, o site de Dilma voltou ao ar, assim como o de Marina que usou a web para divulgar seu pronunciamento às 20h. O site de Serra trazia uma mensagem afirmando que voltaria somente nesta segunda, mas continua com a mesma mensagem de ontem por enquanto, e o site do Plínio simplesmente já saiu do ar, com a mensagem – Domínio não encontrado!

A comunicação, no mínimo inusitada, de candidatos polêmicos, como Tiririca e Mulher Pêra, também chamaram a atenção, mas esse é assunto para o próximo post.

Marcos Besse – Supervisor de Contas Hill and Knowlton

Advertisements

About marcoscomunihka

Marcos Besse – Gerente de contas da Hill and Knowlton nas áreas de tecnologia, infraestrutura e finanças. Ganhou o primeiro computador aos cinco anos de idade e é apaixonado por internet desde quando o dial up ainda era um sucesso. Atua no mercado há oito anos com foco principalmente nos mercados emergentes. Graduado em jornalismo pela PUC-Campinas, com pós em Economia pela Fipe/USP, já trabalhou como jornalista em um jornal em Portland nos Estados Unidos.
This entry was posted in Comportamento (pesquisas, materias), Comunicação Digital, Eleicões, Marketing, Mídia, Política and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s