O maduro da Comunicação é ser ‘verde’

Crescer de maneira sustentável já foi uma daquelas equações cuja tentativa de resolução dava certo dissabor às corporações. Assustava. Mas hoje, a habilidade de produzir pensando nas consequências para o amanhã e as gerações futuras ganhou força. A discussão em torno da sustentabilidade como base da responsabilidade social deve estar no discurso e na prática de cada empresa.

Na versão 2011 daquele que é considerado um dos maiores eventos de tecnologia do país, a Campus Party, quem visitou os estandes durante a semana sentiu o tom de como as empresas estão lidando com a questão. Na área identificada como o Campus Verde, por exemplo, não faltou a contribuição das empresas com produtos artesanais e eletrônicos derivados da reciclagem, além de palestras com foco no tema. No caso da apresentação da Petrobras, foi exposto como a estatal trabalha na descoberta de novas tecnologias para biocombustíveis, em busca de soluções mais sustentáveis.

Seja qual for a área de cada empresa, a prática sustentável é uma das grandes vantagens competitivas frente ao mercado atual. Os profissionais de comunicação – como articuladores dessa ferramenta estratégica – serão os responsáveis por dar visibilidade às atividades das organizações onde trabalham.

No trabalho cotidiano de ampliar a imagem e credibilidade da empresa, comunicar a prática de sustentabilidade pode ser usado como um trunfo para tais resultados. Terreno fértil e público receptivo a esse tipo de mensagem não faltam. Exemplos de boas práticas também não.

Usando ferramentas tecnológicas como as redes sociais, é possível comunicar gastando pouco ou quase nada. O que vale é passar a mensagem sustentável.  Vale citar a presença do portal O Tao do Consumo [http://www.otaodoconsumo.com.br/], iniciativa que busca conscientizar as pessoas sobre o consumo sustentável e que vê no seu Website, Twitter e Facebook, oportunidades de diálogo com a sociedade.

Se você é profissional de comunicação de alguma empresa que já desenvolve um trabalho sério de sustentabilidade e responsabilidade social, comunicar essa atuação é estar em consonância com o novo tipo de relação que se estabelece entre as empresas e sociedade civil na construção do futuro. A sugestão é ser transparente e comunicar o que efetivamente está sendo feito sobre o assunto.

Outro ponto importante a destacar é que uma campanha institucional com estes objetivos deve valorizar sobretudo a mensagem. Ninguém vai querer subverter ou misturar conscientização com mercadologia. Um bom exemplo de campanha focada na construção da mensagem sustentável foi desenvolvida pelo canal GNT. Precisa, impactante e reflexiva como o tema deve ser.

Sendo a Comunicação uma dinâmica que se desenvolve acompanhando os avanços da sociedade e seus tópicos de discussão, não seria nada exagerado dizer que o maduro da profissão é ser cada vez mais ‘verde’.

Veja o vídeo da campanha da GNT > 

por Allan Walbert – Coordenador de Contas da Hill & Knowlton Brasil

Advertisements

About comunihka

“Somos a 1ª agência de Relações Públicas do mundo. Nossas experiências, aspirações e valores estarão estampados nos posts deste blog, assim como a criatividade, diversidade e personalidade dos nossos profissionais. Compartilhe suas ideias conosco.”
This entry was posted in PR 2.0, Sustentabilidade and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s