Gaviões S.A.

Você já viu pessoas tirando foto junto com um livro, em plena Livraria Cultura, em uma tarde de domingo? Não, não se trata de nenhum exemplar raro em exposição, nem mesmo de uma edição autografada pelo Paulo Coelho, mas do livro “Nação”, do Corinthians, exposto na loja do Conjunto Nacional, em São Paulo, dentro de uma imponente caixa de vidro, nos moldes de uma peça rara do Louvre.

Você sabe o que é dedicação de uma torcida a um clube de futebol? Vá a alguma festa do Corinthians e você vai ver que o sentido de “nação” não é nenhum exagero e que tudo ali funciona como uma “Gaviões S.A.” com inúmeros rapazes vestindo abrigo com a cor preta do clube, sempre com as insígnias “fiel” e “gaviões”, formando uma rede de serviços que daria inveja a qualquer empresa de grande porte.

Mas esta é a diferença. O Corinthians está a caminho de se tornar uma empresa de porte. E este é o mérito da administração do polêmico Andres Sanchez. Por mais controverso que seja o personagem e suas mais variadas formas de se relacionar com o poder, sobretudo com algo chamado Presidência da República, por meio de sua amizade com Lula.

A marca Corinthians está se fazendo valer. Ou melhor: está se dando o devido valor. O que não ocorre nos demais clubes de peso em termos de torcida no Brasil, que ostentam brasões que se fossem utilizados por estrategistas, como a equipe de marketing do Corinthians, renderiam muito mais frutos – leia-se recursos – aos seus dirigentes – e torcida.

É um desastre o que se faz – ou que se deixa fazer – com marcas como Palmeiras e Juventus, por exemplo. Uma vez que a segunda ainda precisa se reinventar como clube e time, e a primeira se desgasta pela má fase de futebol e pela canhestra visão de marketing em suas ações de marca. Flamengo é outro caso de má gerência generalizada que agora começa a sair da paralisia com a administração Patricia Amorim.

Exemplos de eficiência de gerência de marketing e de marketing de times do exterior todos estão cansados de saber: Real Madrid, Barcelona, Manchester, Chelsea, Intenazionale de Milão são agremiações que sabem se valorizar como marca – cultivam fãs no mundo todo – e ganham muito com isso.

O pioneirismo em marketing no Brasil nestes tempos modernos esteve a cargo do São Paulo Futebol Clube, que possui eficiente estrutura de serviços em seu estádio, com butique, bar, agência de viagem e outros recursos com estampa “Tricolor”.

Mas a ousadia veio mesmo com o Corinthians com ações como o livro “Nação” – um catatau de 30 quilos e 640 páginas que serve como bíblia ao torcedor, mas que custa modestos R$ 6.500,00 -, a rede de lojas “Poderoso Timão” – uma das franquias que mais cresce no país -, os lançamentos dos mais diversos tipos de souvenires e terceiras camisas – como bonecos do Fenômeno Ronaldo e o recente manto grená com uma estampa de São Jorge -, do investimento do clube em outros esportes e em estrelas de força, como Anderson Silva no UFC e César Cielo na natação. E – veja que loucura – na recente reestilização do seu escudo, isso sem falar em seu primeiro e futuro estádio, o Itaquerão. A lista – e a lição – é interminável.

Vamos aos números. Divulgado em setembro pela auditoria BDO RCS, o Corinthians segue com a marca mais forte do futebol brasileiro, com o nada modesto valor de R$ 867 milhões. Na sequência vêm os outros colocados: Flamengo (R$689 milhões), São Paulo (R$ 664 milhões) e Palmeiras (R$ 452 milhões).

Em fase de ouro com o fenômeno Neymar, o Santos ainda patina como marca, com avaliação de R$ 227,9 mil. Não aproveitar uma onda como esta, isto sim, é um tremendo sacrilégio.

Marcio Dal Rio trabalha no atendimento da Hill and Knowlton e é palmeirense

Advertisements

About robsoncomunihka

Diretor de atendimento da LG Electronics, na LG-One, jornalista com 12 anos de experiência em comunicação corporativa e marketing.
This entry was posted in H&K. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s